segunda-feira, 7 de maio de 2012


Bater a cabeça

 Esse é o ato de submissão em que nos abaixamos diante Deus e todos os orixás, pedindo sua proteção. O médium se abaixa e toca suavemente a testa no chão, sim suavemente, mostrando respeito pela terra que toca e sendo humilde ao se abaixar diante de Deus. Com a cabeça voltada e prostrada na toalha, também significa a solicitação da benção do seu pai espiritual e do seu orixá, significando num ato de humildade a obediência e resignação aos preceitos religiosos, devendo significar a aceitação desta casa e de seus mentores como seus condutores no caminho de Deus e de nossa religião. As mãos voltadas com as palmas para cima, no mesmo nível que a cabeça, complementam o recebimento das emanações vibratórias positivas de Deus, dos orixás e de seus mentores espirituais.
Dizem que o ato de bater a cabeça, surgiu ainda na senzala, com os negros escravos. Sim com eles mesmos, dizem que  como eles eram obrigados a reverenciar santos católicos, colocavam os assentamentos dos Orixás sob o altar dos santos católicos. Como não aceitavam estar acima da vibração dos Orixás, se deitavam no chão e encostavam a testa na terra, para estar no mesmo nível (altura) dos assentamentos, e como submissão encostavam a testa no chão pedindo-lhes a benção.
Em muitas casas, que não possuem um lugar reservado para os assentamentos, colocam  os mesmos sob o altar, assim os Dirigentes e seus filhos batem a cabeça para pedir a benção  a Deus e os Orixas regentes da casa.
Quando batemos a cabeça, encostamos o chacra frontal (testa), no chão, pedindo a benção a Deus, encostamos o canto direito da testa pedindo a benção a todos os Orixás e mentores da casa, encostamos o canto esquerdo da testa saudando as forças da casa (diretia e esquerda).

Paulo Ludogero

Nenhum comentário: