segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O encanto dos Orixás na raiz da mais genuína Brasileira

Não multiplica Deus, mas o concretiza sob diversos nomes


“Quando atinge grau elevado de complexidade, toda cultura encontra sua expressão artística, literária e espiritual. Mas ao criar uma religião a partir de uma experiência profunda do mistério do mundo, ela alcança sua maturidade e aponta para valores universais. É o que representa a Umbanda, religião nascida em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1908, bebendo das matrizes da mais genuína brasilidade, feita de europeus, africanos e indígenas. Num contexto de desamparo social, com milhares de pessoas vindas dos grotões do Brasil profundo, irrompeu uma fortíssima experiência espiritual.
Zélio de Morais atesta a comunicação da divindade sob a figura do Caboclo das Sete Encruzilhadas da tradição indígena e do Preto Velho da dos escravos. Essa revelação tem como destinatários os destituídos de todo apoio material e espiritual. Ela reforça neles a percepção da profunda igualdade entre todos, se propõe a potenciar a caridade e o amor fraterno, mitigar as injustiças, consolar os aflitos e reintegrar o ser humano na natureza sob a égide de Evangelho e de Jesus.
O nome Umbanda é carregado de significação. É composto de OM (o som originário do universo das tradições orientais) e de Bandha ( movimento incessante da força divina). Sincretiza de forma criativa elementos de várias tradições religiosas do país, criando um sistema coerente. Privilegia as tradições do candomblé da Bahia e por serem as mais populares e próximas aos seres humanos. Mas não as considera como entidades, apenas como forças ou espíritos puros que, através dos guias espirituais, se acercam das pessoas para ajudá-las. Os orixás, a Mata Virgem, o Rompe Mato, o Sete Flechas, a Cachoeira, a Jurema e os caboclos representam facetas arquetípicas da divindade. Elas não multiplicam Deus num falso panteísmo, mas o concretiza, sob os mais diversos nomes, o único e mesmo Deus. Este se sacramentaliza nos elementos da natureza: montanhas, cachoeiras, matas, mar, fogo e tempestades. Ao confrontar-se com essas realidades, o fiel entra em comunhão com Deus.
A umbanda é uma religião profundamente ecológica. Devolve ao ser humano o sentido da referência face às energias cósmicas. Renuncia aos sacrifícios de animais para restringir-se somente às flores e à luz, realidades sutis e espirituais.
Um diplomata brasileiro, Flávio Perri, se deixou encantar pela Umbanda. Com recursos das ciências comparadas das religiões e de vários métodos hermenêuticos, elaborou perspicazes reflexões, sob o título “O Encanto dos Orixás”, desvendando-nos sua riqueza espiritual. Permeia seu trabalho com poemas de fina percepção espiritual. Ele se inscreve entre os poetas pensadores e místicos com Álvaro de Campos (Fernando Pessoa), Murilo Mendes, T.S. Elliot e o sufi Rumi. Mesmo sob o encanto, seu estilo é contido, sem qualquer exaltação, pois é esse rigor que a natureza do espiritual exige.
Além disso, ajuda a desmontar preconceitos que cercam a Umbanda, por causa de suas origens sincréticas. Que tenham produzido significativa espiritualidade e criado uma religião cujos meios de expressão são puros e singelos revela quão profunda e rica é a cultura desses humilhados e ofendidos.
Talvez algum leitor estranhe que eu diga isso que escrevi. Um teólogo que não consegue ver Deus além dos limites da sua religião ou igreja não é um bom teólogo. Perde a ocasião de se encontrar com Deus, que se comunica por outros caminhos e fala por diferentes mensageiros, seus verdadeiros anjos.”
Leonardo Boff –Teólogo – Jornal O Tempo – Belo Horizonte (27/11/2009)

visite nosso site, este artigo está lá na aba Artigos.
www.casabrancadeoxala.org

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Calendário da Casa Branca

A CASA BRANCA ENCERROU SUAS ATIVIDADES EXTERNAS NO DIA 30 DE OUTUBRO E REINICIARÁ NO DIA 22 DE JANEIRO DE 2010.
NESTE INTERVALO TEREMOS UMA HOMENAGEM ABERTA AO PÚBLICO NO DIA 27 DE DEZEMBRO PARA REVERENCIAR OS ORIXÁS DE ESTÃO SAINDO JUNTO COM O ANO E HOMENAGEAR OS QUE ESTÃO ENTRANDO EM DOIS 2010.
ENQUANTO A CASA FICA EM RECESSO PARA OS FIÉIS, ESTAREMOS FAZENDO UMA TRABALHO DE MANUTENÇÃO E RENOVANDO AS FIRMESAS,PARA QUE 2010 SEJA UMA ANO DE MUITA FORÇA E PAZ.
AGRADECEMOS A TODOS OS IRMÃOS.
AVISAMOS QUE O BLOG CONTINUARÁ ATIVO.
FRATERNALMENTE
MÃE MARIA