quarta-feira, 16 de setembro de 2009

continuando... parte5

3 A COMUNICAÇÃO COM AS ALMAS
ESTE PONTO, QUE APARENTEMENTE É APENAS OBJETO DE FÉ, JÁ FOI, NO ENTANTO, COMPROVADO ATRAVÉS DE MÉDIUNS DAS MAIS DIVERSAS TENDÊNCIAS RELIGIOSAS. DESDE A MAIS REMOTA ANTIGUIDADE TEVE ESTE MUNDO A PRESENÇA DAQUELES QUE PODIAM SE COMUNICAR COM AQUELES QUE JÁ SE FORAM PARA O OUTRO PLANO. NA UMBANDA, QUANTAS VEZES SOMOS SURPREENDIDOS POR REVELAÇÕES, QUE SÃO FEITAS POR ALMAS DE PRETOS VELHOS, CABOCLOS, EXUS E DE OUTRAS ENTIDADES, DE FATOS EU JULGÁVAMOS SOMENTE CONHECIDOS POR NÓS MESMOS; E OS AVISOS QUE ESTAS MESMAS ENTIDADE NOS DÃO SOBRE ACONTECIMENTOS FUTUROS E QUE REALMENTE VÊM A ACONTECER? E A PROTEÇÃO QUE INÚMERAS VEZES SENTIMOS QUE ELAS NOS DÃO, E O PRESSENTIMENTO DE SUA PRESENÇA QUE TANTAS VEZES TEMOS? A ÚNICA COISA QUE NOS CABE EM TUDO ISTO É, ACREDITANDO NELAS, CONTRIBUIR PARA A SUA ELEVAÇÃO, EVITANDO TORNÁ-LAS MEROS ORÁCULOS DE PREDIÇÃO OU EM RESPONSÁVEIS POR TORNAREM NOSSA VIDA MELHOR, OBRIGAÇÃO ESTA QUE É SOMENTE NOSSA.

4 A EXISTÊNCIA DO CARMA (OU KARMA)
O SER HUMANO, PELO CARÁTER PUNITIVO E ATÉ VINGATIVO DE CERTAS CULTURAS RELIGIOSAS ACOSTUMA VER O CARMA COMO O CASTIGO QUE RECEBEMOS DE DEUS PELOS NOSSOS ERROS EM VIDAS PASSADAS. COMO JÁ VIMOS ESSA VISÃO DE UM DEUS VINGATIVO E PUNITIVO, É INCOMPATÍVEL COM A VISÃO QUE, NÓS OS UMBANDISTAS TEMOS DE OLORUM. POR ISSO MESMO, O CARMA TEM PARA NÓS UM SENTIDO DIFERENTE. NA VERDADE ELE É FRUTO DE UMA DECISÃO PRÓPRIA, DE NOSSO LIVRE ARBÍTRIO. QUANDO TERMINAMOS UM CICLO DE VIDA TERRENA NOS É DADO REVER TODAS NOSSAS EXISTÊNCIAS E A PARTIR DESSA REVISÃO QUE FAZEMOS EM NOSSAS VIDAS TEMOS A CAPACIDADE, POR ESTARMOS LIBERTOS DA MATÉRIA DENSA, QUE É NOSSO CORPO, DE JULGARMOS NOSSOS PRÓPRIOS ATOS E DE TRAÇAR CAMINHOS PARA NOSSAS FUTURAS VIDAS CORPÓREAS, VISANDO CORRIGIR ANTIGOS ERROS E COM ISSO EVOLUIR EM DIREÇÃO A ESSA ENERGIA DIVINA QUE É NOSSA META, NOSSO PORTO DE CHEGADA APÓS AS NECESSÁRIAS REENCARNAÇÕES.

5 O LIVRE ARBÍTRIO
SER HUMANO TEM PELO MENOS DOIS MOMENTOS CRUCIAIS DE LIVRE ARBÍTRIO. O PRIMEIRO DELES É NO MOMENTO EM QUE PREPARA SUA REENCARNAÇÃO, QUANDO DEFINE O CAMINHO QUE IRÁ TRILHAR EM SUA PRÓXIMA EXISTÊNCIA, O MEIO EM QUE VIRÁ, OS PROBLEMAS E DEFICIÊNCIAS QUE IRÁ ENFRENTAR. O SEGUNDO MOMENTO É QUANDO, JÁ REENCARNADO, POR SUA PRÓPRIA DECISÃO, DEFINE-SE POR CUMPRIR OU NÃO AQUELE PLANO DE VIDA A QUE SE PROPÔS. TAMBÉM AQUI SE FAZ SENTIR A BONDADE, A TOLERÂNCIA , ENFIM, EM SÍNTESE, A ENERGIA DIVINA. NÃO IMPORTA QUANTAS VEZES O SER HUMANO DEIXE DE CUMPRIR AQUILO QUE FOI TRAÇADO, POR ELE MESMO, ENQUANTO ESTIVER NESSE CICLO DE VIDA SEMPRE SERÁ TEMPO DE VOLTAR ATRÁS E COMEÇAR A CUMPRIR AQUILO QUE SE DETERMINOU COMO OBJETIVO DESSE NOSSO CICLO TERRENO.

6 A REENCARNAÇÃO
COMO SE PODE VER PELOS PILARES ANTERIORMENTE VISTOS, NÃO SE PODE COMPREENDER NENHUM DELES SE NÃO ACEITARMOS A REENCARNAÇÃO. CADA CICLO DE VIDA TERRENA QUE INICIAMOS É, NA VERDADE, MAIS UMA OPORTUNIDADE QUE GANHAMOS DE NOSSO PAI SUPREMO PARA CAMINHARMOS EM DIREÇÃO A ELE. ATRAVÉS DE NOSSAS MÚLTIPLAS EXISTÊNCIAS TERRENAS É QUE CONSEGUIMOS EVOLUIR NO CAMINHO QUE NOS DETERMINAMOS. SOMENTE A REENCARNAÇÃO NOS EXPLICA OS SENTIMENTOS QUE TEMOS COM RELAÇÃO A PESSOAS QUE APARENTEMENTE NUNCA VIMOS; SENTIMENTOS DE AMOS, DE PROFUNDA AMIZADE, DE ANTIPATIA E OUTROS. POR ISSO MESMO, DEVEMOS SEMPRE NOS LEMBRAR DE COLOCAR SEMPRE EM NOSSAS RELAÇÕES NOSSA MAIOR TOLERÂNCIA, NOSSO MAIOR AMOR, POIS SEGURAMENTE ESSES SENTIMENTOS INEXPLICÁVEIS TÊM SUA ORIGEM EM VIDAS PASSADAS E MUITAS VEZES FAZEM PARTE DO RESGATE A QUE NOS COMPROMETEMOS.
MARIA
QUAIS SÃO AS SETE

Nenhum comentário: