domingo, 30 de agosto de 2009

Umbanda3

SINCRETISMO RELIGIOSO NA UMBANDA
SUBSTANTIVO MASCULINO
ATO OU FATO DE SE COLIGAREM PARTES INIMIGAS; CONCILIAÇÃO
RUBRICA: RELIGIÃO.
FUSÃO DE DIFERENTES CULTOS OU DOUTRINAS RELIGIOSAS, COM REINTERPRETAÇÃO DE SEUS ELEMENTOS.

NAQUELA ÉPOCA OS NEGROS ERAM TRAZIDOS PARA O BRASIL, E PARA AS CASAS DE SEUS SENHORES, OBRIGADOS A SEREM BATIZADOS, RECEBER UM NOME BRASILEIRO E ADOTAR A DOUTRINA CATÓLICA...ENTÃO CADA SANTO TOMOU O SEU PAPEL DE ORIXÁ, MAS NA REALIDADE OS PRIMEIROS NEGROS NÃO CULTUAVAM OS SANTOS.

QUAIS SÃO OS FUNDAMENTOS DA UMBANDA?

PRINCÍPIOS DA UMBANDA

A UMBANDA, COMO TODA RELIGIÃO, TEM PRINCÍPIOS BÁSICOS QUE SÃO AS SUA BASE, QUE LHE DÃO COERÊNCIA E SERVEM DE PONTOS FUNDAMENTAIS E ORIENTADORES PARA OS SEUS SEGUIDORES. A UMBANDA POSSUI PELO MENOS SEIS PILARES QUE A SUSTENTAM.
O PRIMEIRO É A CRENÇA EM UM DEUS ÚNICO, O SEGUNDO É A EXISTÊNCIA DE VIDA APÓS A MORTE, O TERCEIRO É A POSSIBILIDADE DE COMUNICAÇÃO COM AS ALMAS, O QUARTO É A EXISTÊNCIA DO CARMA, O QUINTO É O EXERCÍCIO DO LIVRE ARBÍTRIO E, FINALMENTE , O SEXTO É A REENCARNAÇÃO. TODOS ESTES PRINCÍPIOS, NO ENTANTO, NÃO IMPEDEM QUE A UMBANDA SEJA UMA RELIGIÃO LIBERTADORA. SE A FINALIDADE DE UMA RELIGIÃO É A LIBERTAÇÃO DO HOMEM, NÃO SE PODE IMAGINAR UM OU MAIS DEUSES, QUE SEJAM VINGATIVOS, PUNITIVOS E QUE ESTEJAM ATENTOS AO SER HUMANO SEMPRE COM A FINALIDADE DE, AO APANHÁ-LOS EM PECADO, PUNÍ-LOS. A GRANDE FINALIDADE DE UMA RELIGIÃO É LEVAR O HOMEM ATÉ DEUS, COMO O PRÓPRIO NOME INDICA, RELIGÁ-LO À ENERGIA DIVINA. VEJAMOS, AGORA, EM MAIORES DETALHES, O QUE SÃO ESTES PRINCÍPIOS RELIGIOSOS DA UMBANDA.

1 DEUS ÚNICO
NA UMBANDA ESTE DEUS ÚNICO, OLORUM, É A FONTE DE TUDO E TODOS NESTE MUNDO. ESTA FONTE DE ENERGIA É, POR ISSO MESMO A SÍNTESE DE TODAS AS QUALIDADES : É A PERFEIÇÃO, A BONDADE, O AMOR, A TOLERÂNCIA, ENFIM, PRINCÍPIO EMANADOR DE TODAS AS QUALIDADES DESEJÁVEIS NO SER HUMANO. NÓS O CONHECEMOS COM OLORUM, MAS NA VERDADE ESTA É APENAS UMA FORMA DE O DESIGNAR. PODERÁ SER CHAMADO DE DEUS, JEOVAH, RAMA, OU QUALQUER OUTRO NOME POIS ISTO NÃO MUDARÁ SUA ESSÊNCIA DIVINA E UNA.

2 A VIDA APÓS A MORTE
A VIDA APÓS A MORTE É UMA DECORRÊNCIA INEVITÁVEL DESSA CONCEPÇÃO QUE TEMOS DESSA ENERGIA DIVINA. COMO EXPLICAR TODAS AS DIFERENÇAS EXISTENTES NESSE MUNDO, MANTENDO, AINDA ASSIM ESSA CRENÇA EM UM DEUS QUE É A JUSTIÇA, A BONDADE, A TOLERÂNCIA, O AMOR? COMO EXPLICAR QUE ALGUNS TENHAM TANTO E OUTROS CAREÇAM DO MÍNIMO PARA UMA SUBSISTÊNCIA? POR QUE ALGUNS VIVEM TANTO E OUTROS MORRAM AINDA NA MAIS TENRA IDADE? POR QUE CRIANÇAS QUE MAL ENTRARAM NESSA VIDA JÁ TENHAM TANTO SOFRIMENTO A PASSAR? SOMENTE A PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS PODE EXPLICAR ESSAS DIFERENÇAS. SOMENTE SE ENXERGARMOS ESSA VIDA COMO A CONTINUAÇÃO DE OUTRAS PODE NOS DAR UMA EXPLICAÇÃO PLAUSÍVEL PARA TODAS ESSAS DIFERENÇAS SEM QUE TENHAMOS DE ABRIR MÃO DE NOSSA CRENÇA EM UM DEUS ÚNICO E FONTE DE TODAS AS QUALIDADES EXISTENTES EM NOSSO MUNDO. PODERÍAMOS AINDA LEMBRAR DAS COMUNICAÇÕES JÁ RECEBIDAS DE OUTRO PLANO, MAS DEIXAREMOS ISSO PARA O PRÓXIMO PARÁGRAFO.

Nenhum comentário: